quinta-feira, 11 de março de 2010

As Linhas de Um Louco

Sera que eu viria a ser considerado um louco no momento em que eu admitice que falo só? Muito provavelmente poderia vir a ser chamado de louco. Mais e daí, eu me considero um louco mesmo, no minimo esquisito. Quem me conhece pode dizer que sou quieto, sou muito na minha, reservado, timido.

Mais isso não me qualifica como um louco, apenas descrevi grande parte da população mundial. Agora quem realmente me conhece, pode ter outras opiniões, mas como assim que realmente me conhece? É que eu demoro algum tempo para realmente me tornar amigo de alguem, mais quando me torno amigo de tal pessoa, pode ter certeza que é amizade mesmo, algo pra valer. se tem uma coisa que preso é a amizade. Esses sim podem dizer que sou meio esquisito, porem me mantenho são a maior parte do tempo em que se tem que manter uma aparencia seria.

Mas agora que esta lendo isso, deve-se perguntar o porque desse texto? Eu realemnte não faço a minima ideia do porque estou escrevendo-o, apenas me deu vontade de faze-lo, como aquela frase que não me lembro do autor hehe "fi-lo por que qui-lo", so lembro que é de um escritor brasileiro famoso. enfim, estou apenas querenddo deixar um pouco mais claro o meu ser.

Esse pode ser a primeira parte de um estudo sobre minha mente, pode ser que eu venha a escrever mais sobre o que eu pesso, como pode ser que eu não escreva mais nada a respeito, mais creio que eu virei a escrever mais sobre minahs loucuras.

3 comentários:

Élder de Lima disse...

Incentivo a escrever mais sobre essa pseudo loucura....hehe

Ariella Marques disse...

Cada ser é único em seu conjunto de características... e em sua complexidade que é definitivamente singular. Ninguém jamais será igual a ninguém, o máximo que se pode haver é uma similaridade de características, gostos e afins, mas em nenhum momento será idêntico. E respeitar essas diferenças é que fazem de nós pessoas melhores e respeitáveis. Se todos fôssemos iguais que graça teria?
O mistério é o lado mais intrigante e instigante do homem... Viva a nós, seres pensadores, que fogem da mesmice a que as pessoas estão acostumadas a seguir e copiar... Viva a nós que ainda pensamos e queremos fazer diferente, a nós que queremos ser nós mesmos, mesmo que isso acarrete em sermos chamados de loucos. A loucura é o maior elogio que podemos receber, pois loucos são aqueles que quebram regras e trilham seu próprio caminho seguindo sua voz interior. (Nossa, me empolguei, acho q isso vai resultar num post kkkkkk)

All_Luc disse...

pow vlw Ari, agora meu post perdeu a graça so vvão ler seu comentario ¬¬
kkkkkkkkkk brincadeira, adorei esse ai
vlw Ari, mais uma vez vc esta certissima ^^