segunda-feira, 7 de junho de 2010

Olhos de Lobo



Na noite espero, nunca julgo
Sigo livre de tudo e todos
Sozinho, protegio apenas pelas sombras
Que me cercam
Na noite fria, so minha
Perdido onde eu quero, onde euposso
Sou quem sou, sem lgar para quem não me vê
Realmente sem os olhos de lobo
Sem o sentimento de um cão
Perdido na noite, só, muito bem acompanhado.

1 comentários:

... disse...

Confuso mas interessante. Parabêns pelo blog!

Crítica,informação,humor e inutilidade
http://papiinhas.blogspot.com/
Post novo na área: "Ócio,Preguiça e Fome"